MÁGICA - Letra
Compositores: Felipe Arná/Bagual/Normani Pelegrini

Desconfiei dos seus amigos
Dos meus, de todos
Até pensei
Será que eu não tô sendo escroto?
E ao mesmo tempo, tem um tempo
Que seu beijo anda meio chocho
Na cama é três minutinhos
Vira de lado, caindo de sono
Quando eu perguntava
Me chamava de doido
Quando não falava “ih, vai começar de novo?”
Ela falou acha!
Achei, sem fazer muito esforço
Não teve grito, nem rolo, nem nada
Apertei um pouco, cê entregou ligeiro
Já sei o dia, a hora
E se não bastasse
Até o nome do companheiro
Cê plantou isso e vai morrer de fome
Faz uma mágica aí pra gente
E some

Comment: