LETRA:

Tô pelo Rio de nave zero
Pode se arrumar q eu te espero
Digno de tudo q eu quero
Deus Perdoa todos erros

Amo me ver no espelho
Sou vaidoso é óbvio
O meu dedo do meio
É o meu amor próprio
No alto traçantes, nós fumando a pura
As estrelas mais brilhantes tão na noite escura

Diz q vem
Diz q a vida é curta
Diz q me ama, baby
Vem tirar minha blusa
Marolando a cidade
Vivo minha verdade
É q nós é a mais
Coração tá em paz

Aperta o baseado
Me chama de lindo
Nunca tô ocupado mais sempre tô produzindo
Minha tropa vive rindo
Meu jeito acelerado te faz botar o cinto
Quero teu beijo ao vivo

Não vivo pra agradar (marrento e bolado)
Vivo p agradecer (sou iluminado)
Quem pode me tirar (tudo)
Foi só quem me deu (só Deus)

(REFRÃO)
Tô pelo Rio de nave zero
Pode se arrumar q eu te espero
Digno de tudo q eu quero
Deus Perdoa todos erros

Tô pelo Rio de nave zero
Pode se arrumar q eu te espero
Digno de tudo q eu quero
Deus Perdoa todos erros

Todos erros
Todos erros
Todos erros
Deus perdoa todos erros
Todos erros
Deus perdoa

Comment: